web analytics

Nutricionistas sempre parecem gastar seu tempo olhando para os efeitos de diferentes alimentos e suplementos sobre a nossa saúde. Você poderia pensar que havia assuntos mais prementes do que simplesmente olhando para os condimentos do nosso armário e fazendo-se uma variedade de estatísticas para determinar as propriedades de saúde de mostarda. No entanto pode haver alguma medida de realidade com os seus resultados como estudo científico sugeriu que poderia haver uma grande dose de verdade a teoria de que certos alimentos reduzir a chance de uma variedade de cânceres.

Os cientistas fizeram uma extensa pesquisa que, em alguns casos envolveram assuntos de teste de monitoramento por anos a fim de alcançar resultados tangíveis. O que eles descobriram é que há uma variedade de produtos químicos dentro de certos alimentos que são ligados à redução e prevenção de células cancerosas.

Fcouvesitoquímicos são produtos químicos encontrados numa variedade de plantas. O que esses produtos químicos para fazer a planta é proteger a planta contra as bactérias nocivas, vírus e fungos. Com isto em mente, é afirmado que uma grande ingestão destes tipos de plantas e, como resultado fitoquímicos, uma pessoa pode usar as propriedades de proteção destes produtos químicos para reduzir suas chances de desenvolver células cancerosas. Este é apoiada por pesquisa revelando que alimentos gordurosos ter o efeito oposto, em muitos casos, na verdade, aumentando a chance de desenvolver câncer.

Felizmente, há uma variedade de fitoquímicos como alicina encontrados na cebola e alho e antocianinas encontrados em frutas vermelhas e azuis, como framboesas e mirtilos. Folhas verdes e legumes têm alguns dos mais altos níveis de fitoquímicos tornando-as opções mais benéficas. No entanto, há também os níveis das substâncias químicas benéficas Flavenoids encontrados no vinho e chá verde para você que não está apenas a querer perder peso com legumes. Uma importante pesquisa descobriu que os vegetais crucíferos, como brócolos, repolho e couve de Bruxelas contém enxofre e agentes ativos que destroem substâncias químicas cancerígenas produzindo.

A coisa sobre fitoquímicos é que eles não podem ser encontrados em suplementos e deve ser tomado em sua forma natural, embora cozinhar a comida não afeta seus níveis. Com tais resultados provenientes de pesquisa de alimentos, há uma grande chamada para trabalhos dietéticos que podem fornecer muito mais informações sobre os benefícios dos alimentos.

De qualquer forma, é benéfico para a ingestão uma grande variedade de frutas e vegetais de cores diferentes a cada dia. Já se sabe os benefícios cardíacos do consumo de tais alimentos, por isso evidências que sugerem que eles podem reduzir o câncer é outro bom motivo para trocar o saco de batatas fritas por uma salada.

Os benefícios das folhas de oliveira foram descritos na Bíblia e no Alcorão. Os primeiros habitantes da região do Mediterrâneo Oriental foram instruídos a comer o fruto e usar as folhas como remédio. Algumas das maiores ameaças à saúde de homem primitivo eram as doenças infeciosas. Os cientistas modernos têm mostrado que os compostos encontrados na folha são antibióticos naturais. Mas, ao contrário dos antibióticos criados por companhias farmacêuticas, estes compostos também são eficazes contra o vírus e fungos. Você pode estar se perguntando por que?

Estas árvores têm uma expectativa de vida incrível. Há muitos espécimes em Israel, com idade entre 1600-2000 anos de idade. Para que uma planta possa viver tanto tempo, ela deve ser capaz de lutar contra a doença. Para fazer isso, eles desenvolvem defesas naturais. Estes compostos que os cientistas identificaram são as defesas naturais da árvore contra doenças.

 

Oliveira

Todas as plantas têm construído mecanismos de defesa. Quando os seres humanos comem essas plantas, algumas dessas defesas são repassados a eles. Então, um dos benefícios das folhas de oliveira é ajudar e fortalecer o sistema imunológico de uma pessoa.

Outros compostos em folhas de oliveira são antioxidantes. As reações de oxidação são cruciais para a vida, mas também podem ser prejudicial. Quando as moléculas são oxidados podem tornar-se radicais livres, reações em cadeia que danificam células. Devido a isso, todas as plantas e animais mantêm um sistema complexo de muitos tipos diferentes de antioxidantes.

Os antioxidantes neutralizam os radicais livres e impedem-nos a partir de células vegetais ou animais prejudiciais. Os baixos níveis de antioxidantes circulantes pode causar estresse oxidativo que pode, eventualmente, matar a célula. Nos seres humanos, as reações em cadeia de radicais livres e o stress oxidativo pode mutar de ADN celular, provocando a produção de uma célula cancerosa.

Nas artérias que conduzem ao coração, colesterol oxidado acumula na parede interior, reduzindo o fluxo de sangue, fazendo com que a pressão arterial elevada, fazendo o coração trabalhar mais, até que finalmente o músculo estiver danificado. Os antioxidantes previnem a oxidação de colesterol e triglicéridos e ajudam a evitar este tipo de doença cardíaca.

Os benefícios das folhas de oliveira para a saúde do coração incluem a redução dos níveis de colesterol e pressão arterial. Tem sido mostrado que o extrato relaxa as artérias, o que aumenta o fluxo sanguíneo para o coração.

Estudos preliminares indicam que os antioxidantes podem ser eficazes para o tratamento de cancros do fígado, da próstata no homem e da mama na mulher. Há evidências que sugerem que muitos antioxidantes de plantas têm atividade anti câncer. Alguns dos mais potentes parecem ser chá verde, resveratrol a partir de uvas vermelhas e curcumina de açafrão. Assim, os benefícios de folhas das oliveira são encontrados em muitas outras plantas.

A maioria dos nutricionistas e especialistas em saúde natural sugerem que você pode melhorar sua saúde e reduzir o risco de doenças potencialmente fatais, esforçando-se por incluir o máximo de antioxidantes diferentes quanto possível, em sua dieta diária. Muitas vezes, isso é difícil, sem suplementação.

Alguns dos antioxidantes mais potentes são encontrados em plantas que não são comumente consumidos. Mas, você pode obter os benefícios de folhas de oliveira e outros extratos de plantas com o suplemento certo. Apenas avaliá-los cuidadosamente antes de comprar. Talvez você precise aprender a fazer isso.

Se você viajar para o exterior ou apenas decidir viajar local, por favor, certifique-se de tomar as precauções necessárias antes de viajar. O ar no avião é filtrado e pode apanhar doenças de seus companheiros de viagem. Por favor, respeite os outros e não voa quando você está doente. Se você sentir uma das pessoas em torno de você está doente, peça para ser transferido para outro lugar. Banheiros em aviões são muito pequenos e dificilmente são desinfetados durante os voos, portanto, eles são o lugar mais contagioso no avião. É aconselhável usar um spray desinfetante antes de usar os banheiros. Além disso, use spray desinfetante para desinfetar o seu lugar e sua bandeja. As mulheres podem mais facilmente ser afetadas nos banheiros dos aviões que os homens.

herpes-simplex-virusQuando você verificar o seu quarto de hotel pode parecer limpo, mas pense em todas as pessoas que fizeram o check-in antes de você e os germes, bactérias, vírus e fungos que poderiam ter deixado para trás. Limpe e desinfete tudo ainda que as senhoras da limpeza façam um trabalho de limpeza profunda.

Andar descalço no quarto é perigoso. Recomenda-se usar chinelos enquanto tomar um duche. Mesmo no chão do quarto de hotel pode carregar fungos, usar chinelos ou meias para andar no chão nunca andar descalço. Governantas limpam diariamente banheiros, pias, torneiras, mas o que sobre o controle, telefone, rádio e maçanetas remoto? Eles não estão sendo desinfetadas diariamente. Use spray desinfetante para limpar superfícies duras para evitar os germes que podem deixá-lo doente e mesmo algumas doenças sexuais.

Certifique-se de levar consigo um spray desinfetante quando você viaja. O tamanho do spray deve ser não mais do que três onças, de acordo com a TSA (Transportation Security Administration), caso contrário ele será tirado de você no aeroporto antes de embarcar no avião. É um bom tamanho para viajar e se encaixa perfeitamente, mesmo em pequenas bolsas.

Toalhetes também são úteis para usar quando você viaja. Os toalhetes reduzem a quantidade de germes na superfície, enquanto um desinfetante mata os germes, portanto um desinfetante é mais eficaz do que usar um toalhete. Um desinfetante vai ajudar você a ficar livre de germes quando você viaja. Olhe para o rótulo do desinfetante para as advertências de perigo e direção de uso.

O viajante inteligente leva um spray desinfetante com ele quando viaja para uma melhor defesa!

A micose de unha é um problema comum. O fungo se desenvolve em nossas unhas, na pele diretamente sob as unhas. Os sintomas da micose de unha incluem unhas descoloridos, quebradiças, unhas espessadas, unhas que crescem de forma irregular e dor no dedo ou dedos afetados. A micose de unha não é uma doença rara, muitas pessoas já contraíram-na sem que soubessem disso. Só quando avança para uma fase posterior é que elas descobrir a infeção procurar tratamento.

Diagnóstico de Micose de Unha

Os médicos geralmente confirmar o diagnóstico raspando ou cortando a unha. A amostra é então enviada para um laboratório para análise e avaliação. Isto porque outras doenças de unhas podem imitar a micose de unha.

A cirurgia é a forma tradicional de eliminação de fungos nas unhas. A unha é removida nos casos mais graves de fungos nas unhas e uma nova unha cresce para substituí-la. O crescimento de uma nova unha pode levar até um ano para o desgosto de muitos. Mas por causa de avanços tecnológicos no campo da medicina, vários medicamentos antifúngicos que combatem a doença, foram desenvolvidos com sucesso.

Medicação mais Popular para Micose de Unha

OnicomicoseA forma mais popular de medicação são cremes e pomadas. No entanto estes medicamentos tópicos concentram-se mais em tratar a infeção fúngica do lado de fora. O fungo debaixo da placa ungueal geralmente não é atingido e tratado. Assim, os medicamentos tópicos são geralmente usados lado a lado com os medicamentos orais para atacar o fungo a partir de dentro, também. As medicinas alternativas, como remédios caseiros também estão sendo usados por algumas pessoas para desacelerar o crescimento do fungo. No entanto, similar à medicação tópica comercial, esses remédios caseiros apenas focar a infeção superficial e não o fungo que se esconde no leito ungueal. Eles são, portanto, geralmente ineficazes em eliminar completamente o fungo da unha.

A maneira mais eficaz de tratar a micose de unha é tomando medicamentos antifúngicos receitados por um médico. Mas estes medicamentos são muito potentes e, como tal, eles representam o risco de efeitos colaterais para nossos órgãos internos. Assim, exames de sangue mensais são geralmente encomendados por médicos. Além disso, aqueles que estão passando por esse tratamento devem ser cuidadosos e observar os possíveis sintomas de danos em órgãos, tais como fadiga, perda de apetite, vômitos, alteração na urina e fezes, erupções na pele, sangramento e aumento dos gânglios linfáticos. Se sentir algum destes sintomas, você deve informar imediatamente o seu médico.

Devido a esses efeitos colaterais, os médicos costumam recomendar o tratamento dos fungos nas unhas apenas quando o paciente está tendo problemas secundários (ou seja, dor na zona afetada, unhas encravadas e outras infeções). Se não houver problemas secundários o tratamento de fungos nas unhas é desencorajado por causa dos possíveis efeitos colaterais dos medicamentos orais sintéticos.

Pode a micose de unha ser eliminada permanentemente?

zetaclearMedicamentos antifúngicos não garantem a cura dos fungos nas unhas. A recorrência da infeção é muito comum. De acordo com estudos, pelo menos, 20 por cento dos pacientes apresentam recorrência de sua condição. Portanto, o que é vital é o uso contínuo de um tratamento natural para a micose de unha, como Zetaclear, até que o fungo desapareça totalmente. Depois que a unha infetada pelo fungo foi curada, é necessária a prevenção da doença através da prática de uma boa higiene e manutenção de uma dieta adequada.

Provavelmente você já tenha ouvido falar na candidíase ou até mesmo já tenha sofrido deste problema. As mulheres costumam sofrer dessa infecção por fungos na região vaginal e é importante que entendam em primeiro lugar que é natural que no corpo humano haja a presença de fungos, a candidíase na verdade é um estado de infecção causado devido ao desequilíbrio da concentração desses fungos, gerando os sintomas desconfortáveis que costumam ser: secreção esbranquiçada semelhante à nata do leite; dor durante as relações sexuais; dor ao urinar devido à inflamação no canal vaginal; inchaço e irritação da vulva; coceira e queimação na vagina e lábios vaginais.

Algumas mulheres, inclusive, podem confundir os sintomas da candidíase com a infecção urinária por conta da ardência ao urinar, é importante que um médico seja consultado para diagnóstico e que o tratamento para a candidiase  seja seguido com disciplina.

O que muitas pessoas costumam ignorar é que a dieta tem participação no processo da cura do problema e também na prevenção de casos de candidíase. Isso mesmo, alguns alimentos podem influenciar na piora e no desequilíbrio da presença dos fungos ocasionando a infecção.

Quais alimentos devem ser consumidos com cautela?

IogurteNaturalCandidiaseOs fungos encontram oportunidade para proliferação quando se deparam com calor e baixa resistência imunológica, alguns alimentos por si só alteram o pH da vagina e propiciam a proliferação desses agentes, como é o caso do açúcar. Enquanto esses fungos se proliferam costumam liberar substâncias que despertam na mulher o desejo por doces, alimentos “necessários” para a sobrevivência desses fungos.

Por isso é importante principalmente em casos de tratamento da candidíase vaginal  evitar o consumo de alimentos ricos em açúcar como balas, chocolates, biscoitos recheados, guloseimas em geral, refrigerantes, entre outros, aliás, muitas pessoas não sabem, mas um copo de aproximadamente 300 ml de refrigerante equivale a 10 colheres de sopa cheias de açúcar. Vale lembrar que carboidratos se transformam em glicose no sangue, por isso é fundamental repensar no consumo desses alimentos como arroz branco, macarrão, pães etc., que precisam ser consumidos de maneira equilibrada, o ideal mesmo seria evitar a ingestão desses carboidratos simples e investir no consumo dos carboidratos complexos (massas integrais, arroz integral, pães integrais, entre outros).

Frutas também contêm açúcar, por isso é importante consumi-las com parcimônia, e preferencialmente consumir as frutas cítricas, que possuem baixo índice glicêmico.

Evite o consumo de alimentos que levam em sua formulação fermento biológico como massas de pães, pizzas, entre outros, o consumo de queijos também deve ser evitado, assim como o vinagre e bebidas alcoólicas, estes são itens que enfraquecem o sistema de defesa do organismo e “facilitam” a proliferação dos fungos.

Mas e quanto aos alimentos que ajudam a prevenir e tratar a candidíase?

HerpesAlgumas ervas e alimentos chamam a atenção por  prevenir a proliferação de fungos como: orégano, tomilho, alecrim, alho, cebola, entre outros. As sementes de abóbora também auxiliam por possuírem propriedades antifúngicas, podem ser encontradas cruas ou torradas e utilizadas sobre frutas, iogurtes e em preparações salgadas.

A banana verde que pode ser encontrada em forma de suplemento pode auxiliar o organismo na defesa contra esses fungos; a batata yacon também, isso por que tem o poder de reduzir as taxas de açúcar no sangue.

Esses são somente alguns dos alimentos indicados e contraindicados no tratamento e prevenção da candidíase vaginal. É possível tratar esse tipo de problema com recursos naturais.

Veja alguns tratamentos que a podem ajudar aqui:
Grupo Sare: www.saredrogarias.com.br