web analytics

A micose de unha é um problema comum. O fungo se desenvolve em nossas unhas, na pele diretamente sob as unhas. Os sintomas da micose de unha incluem unhas descoloridos, quebradiças, unhas espessadas, unhas que crescem de forma irregular e dor no dedo ou dedos afetados. A micose de unha não é uma doença rara, muitas pessoas já contraíram-na sem que soubessem disso. Só quando avança para uma fase posterior é que elas descobrir a infeção procurar tratamento.

Diagnóstico de Micose de Unha

Os médicos geralmente confirmar o diagnóstico raspando ou cortando a unha. A amostra é então enviada para um laboratório para análise e avaliação. Isto porque outras doenças de unhas podem imitar a micose de unha.

A cirurgia é a forma tradicional de eliminação de fungos nas unhas. A unha é removida nos casos mais graves de fungos nas unhas e uma nova unha cresce para substituí-la. O crescimento de uma nova unha pode levar até um ano para o desgosto de muitos. Mas por causa de avanços tecnológicos no campo da medicina, vários medicamentos antifúngicos que combatem a doença, foram desenvolvidos com sucesso.

Medicação mais Popular para Micose de Unha

OnicomicoseA forma mais popular de medicação são cremes e pomadas. No entanto estes medicamentos tópicos concentram-se mais em tratar a infeção fúngica do lado de fora. O fungo debaixo da placa ungueal geralmente não é atingido e tratado. Assim, os medicamentos tópicos são geralmente usados lado a lado com os medicamentos orais para atacar o fungo a partir de dentro, também. As medicinas alternativas, como remédios caseiros também estão sendo usados por algumas pessoas para desacelerar o crescimento do fungo. No entanto, similar à medicação tópica comercial, esses remédios caseiros apenas focar a infeção superficial e não o fungo que se esconde no leito ungueal. Eles são, portanto, geralmente ineficazes em eliminar completamente o fungo da unha.

A maneira mais eficaz de tratar a micose de unha é tomando medicamentos antifúngicos receitados por um médico. Mas estes medicamentos são muito potentes e, como tal, eles representam o risco de efeitos colaterais para nossos órgãos internos. Assim, exames de sangue mensais são geralmente encomendados por médicos. Além disso, aqueles que estão passando por esse tratamento devem ser cuidadosos e observar os possíveis sintomas de danos em órgãos, tais como fadiga, perda de apetite, vômitos, alteração na urina e fezes, erupções na pele, sangramento e aumento dos gânglios linfáticos. Se sentir algum destes sintomas, você deve informar imediatamente o seu médico.

Devido a esses efeitos colaterais, os médicos costumam recomendar o tratamento dos fungos nas unhas apenas quando o paciente está tendo problemas secundários (ou seja, dor na zona afetada, unhas encravadas e outras infeções). Se não houver problemas secundários o tratamento de fungos nas unhas é desencorajado por causa dos possíveis efeitos colaterais dos medicamentos orais sintéticos.

Pode a micose de unha ser eliminada permanentemente?

zetaclearMedicamentos antifúngicos não garantem a cura dos fungos nas unhas. A recorrência da infeção é muito comum. De acordo com estudos, pelo menos, 20 por cento dos pacientes apresentam recorrência de sua condição. Portanto, o que é vital é o uso contínuo de um tratamento natural para a micose de unha, como Zetaclear, até que o fungo desapareça totalmente. Depois que a unha infetada pelo fungo foi curada, é necessária a prevenção da doença através da prática de uma boa higiene e manutenção de uma dieta adequada.

Provavelmente você já tenha ouvido falar na candidíase ou até mesmo já tenha sofrido deste problema. As mulheres costumam sofrer dessa infecção por fungos na região vaginal e é importante que entendam em primeiro lugar que é natural que no corpo humano haja a presença de fungos, a candidíase na verdade é um estado de infecção causado devido ao desequilíbrio da concentração desses fungos, gerando os sintomas desconfortáveis que costumam ser: secreção esbranquiçada semelhante à nata do leite; dor durante as relações sexuais; dor ao urinar devido à inflamação no canal vaginal; inchaço e irritação da vulva; coceira e queimação na vagina e lábios vaginais.

Algumas mulheres, inclusive, podem confundir os sintomas da candidíase com a infecção urinária por conta da ardência ao urinar, é importante que um médico seja consultado para diagnóstico e que o tratamento para a candidiase  seja seguido com disciplina.

O que muitas pessoas costumam ignorar é que a dieta tem participação no processo da cura do problema e também na prevenção de casos de candidíase. Isso mesmo, alguns alimentos podem influenciar na piora e no desequilíbrio da presença dos fungos ocasionando a infecção.

Quais alimentos devem ser consumidos com cautela?

IogurteNaturalCandidiaseOs fungos encontram oportunidade para proliferação quando se deparam com calor e baixa resistência imunológica, alguns alimentos por si só alteram o pH da vagina e propiciam a proliferação desses agentes, como é o caso do açúcar. Enquanto esses fungos se proliferam costumam liberar substâncias que despertam na mulher o desejo por doces, alimentos “necessários” para a sobrevivência desses fungos.

Por isso é importante principalmente em casos de tratamento da candidíase vaginal  evitar o consumo de alimentos ricos em açúcar como balas, chocolates, biscoitos recheados, guloseimas em geral, refrigerantes, entre outros, aliás, muitas pessoas não sabem, mas um copo de aproximadamente 300 ml de refrigerante equivale a 10 colheres de sopa cheias de açúcar. Vale lembrar que carboidratos se transformam em glicose no sangue, por isso é fundamental repensar no consumo desses alimentos como arroz branco, macarrão, pães etc., que precisam ser consumidos de maneira equilibrada, o ideal mesmo seria evitar a ingestão desses carboidratos simples e investir no consumo dos carboidratos complexos (massas integrais, arroz integral, pães integrais, entre outros).

Frutas também contêm açúcar, por isso é importante consumi-las com parcimônia, e preferencialmente consumir as frutas cítricas, que possuem baixo índice glicêmico.

Evite o consumo de alimentos que levam em sua formulação fermento biológico como massas de pães, pizzas, entre outros, o consumo de queijos também deve ser evitado, assim como o vinagre e bebidas alcoólicas, estes são itens que enfraquecem o sistema de defesa do organismo e “facilitam” a proliferação dos fungos.

Mas e quanto aos alimentos que ajudam a prevenir e tratar a candidíase?

HerpesAlgumas ervas e alimentos chamam a atenção por  prevenir a proliferação de fungos como: orégano, tomilho, alecrim, alho, cebola, entre outros. As sementes de abóbora também auxiliam por possuírem propriedades antifúngicas, podem ser encontradas cruas ou torradas e utilizadas sobre frutas, iogurtes e em preparações salgadas.

A banana verde que pode ser encontrada em forma de suplemento pode auxiliar o organismo na defesa contra esses fungos; a batata yacon também, isso por que tem o poder de reduzir as taxas de açúcar no sangue.

Esses são somente alguns dos alimentos indicados e contraindicados no tratamento e prevenção da candidíase vaginal. É possível tratar esse tipo de problema com recursos naturais.

Veja alguns tratamentos que a podem ajudar aqui:
Grupo Sare: www.saredrogarias.com.br

A Micose da unha é muito desagradável e embaraçosa. O fungo situa-se sob a unha e prospera em lugares escuros e húmidos fazendo com que seja um dos fungos mais difíceis de tratar e curar. Neste artigo vamos explorar a variedade de opções disponíveis para ajudar a remover o fungo e, sobretudo, mostrar-lhe o que fazer para impedir que este reapareça.

Como Curar a Micose da Unha

  • Cortar as Unhas – O fungo pode e vai espalhar-se rapidamente para os outros dedos se não for tratado corretamente. Para o evitar, você deve cortar a unha infetada o mais rente possível. A remoção da unha ou o corte rente da mesma não vai curar completamente a micose da unha, no entanto, vai ajudar a evitar que ela se espalhe para os outros dedos. Também fornece espaço para uma nova unha crescer e quando isso acontece, você deve deixá-la crescer.
  • Mergulhe as unhas em vinagre – Por centenas de anos, o vinagre tem sido usado para tratar infeções e uma variedade de outras questões médicas. Mergulhar seus pés em vinagre depois de cortar as unhas é uma boa maneira de ajudar a reduzir a micose de unha. O vinagre de maça é bom quando a infeção se encontra nos estágios iniciais, mas não é tão eficaz se esta já estiver mais avançada.
  • Mergulhe as unhas em Listerine – Segundo uma variedade de relatórios on-line, muitas pessoas dizem que mergulhar suas unhas em Listerine (usado para limpeza oral), ajuda no tratamento do fungo da unha. Mas tenha em mente que quando você mergulha as unhas em qualquer solução, deve ser por pelo menos 30 minutos por dia, durante várias semanas para que tenha qualquer efeito.

Como Prevenir a Micose da Unha

  • Proteja os seus pés em áreas públicas – O fungo prospera em chuveiros e banheiros públicos, pelo que sempre que possível, você deve se certificar de que você usa chinelos, ou outra proteção ao utilizar equipamentos públicos como esses.
  • Dormir sem meias – Muitas vezes as pessoas dormem com as suas meias. Esta não é uma boa ideia, pois quando você está a dormir os seus pés vão suar. As meias podem ser um terreno fértil para as bactérias, combinado com os pés suados por horas a fio é um ambiente perfeito para o fungo se reproduzir e aparecer a micose de unha.

Considerações Finais

zetaclearSe você tiver uma infeção grave nas unhas, os remédios caseiros podem não ser suficientemente eficazes. O fungo da unha é teimoso.

Se está à procura de uma cura eficiente e cientificamente comprovada, então use Zetaclear.

O fungo não vai desaparecer por si só, sem o tratamento adequado. Milhões de pessoas enfrentam os sintomas dolorosos e embaraçosos. Descubra como curar o fungo de uma vez por todas.

Condições constrangedoras podem ser tão traumáticas para o doente como os mais graves problemas de saúde. A micose de unha é um exemplo típico.

A micose de unha pode atingir qualquer pessoa em qualquer momento, embora os adultos sejam mais suscetíveis de serem infetados pela doença e os homens são mais propensos a sofrer do que as mulheres.

Então, o que é a micose de unha?

A micose de unha trata-se de fungos desagradáveis que vivem sob a unha nos dedos. O fungo vive em condições de humidade quente, portanto a unha forma o leito perfeito para a infeção fúngica sobreviver. O fungo da unha pode espalhar-se de unha a unha, e pode também pode ser transmitido para outras pessoas.

Como acabar com a micose de unha?

Quando aparecem os primeiros sinais da infeção fúngica, deve ser tratado imediatamente. Os sinais iniciais de fungos nas unhas são uma ligeira picada da unha, descoloração e distorção. Se diagnosticada precocemente um remédio caseiro pode parar a infeção e matar os fungos antes que se espalhem.

Remédios caseiros para a micose de unha

Existem vários remédios homeopáticos ou caseiros que provaram ser bastante eficazes para tratar os estágios iniciais da infeção. Alguns dos mais comuns são vinagre de maçã, óleo de Tea Tree, Vicks Vapo Rub e Listerine.

Dos quatro mencionados, o mais propenso a trazer o sucesso é vinagre de maçã. O vinagre de maçã proporciona um ambiente ácido que pode parar a reprodução e crescimento de fungos. É necessário realçar que a maioria dos remédios listados requer tempo, paciência e dedicação. Mesmo a forma mais branda de fungos nas unhas pode levar várias semanas ou meses ou tratamento.

Prescrição Médica Para o Fungo da Unha

micose_unhaMuitas vítimas de fungos nas unhas sofrem ao optar por ignorar os sintomas, até quê se dá o agravamento da infeção a tal ponto que afeta as restantes unhas. Só então, acordam para a realidade e admitem que têm um problema.

A prescrição para os fungos é geralmente baseada em medicamentos químicos e venenosos. Os medicamentos antifúngicos podem causar efeitos colaterais do menor ao mais grave. Tem sido bem documentada a ligação entre os medicamentos antifúngicos e possíveis danos no fígado.

Medicamentos de Venda Livre Para o Fungo da Unha

Entre estes dois tipos de tratamentos situam-se os medicamentos de venda livre. Este género combina a investigação de dados clínicos com substâncias naturais e oferece um tratamento eficaz às vítimas do fungo, sem os efeitos colaterais associados aos medicamentos quimicamente produzidos.

Destacam-se os medicamentos antifúngicos ZetaClear e Toenail Fungus Zapper. Ambos os produtos contêm substâncias naturais e não provocam efeitos secundários. Ambos são aplicados à unha diretamente e não consumidos.

Dos dois comercialmente disponíveis, ZetaClear tem as melhores credenciais. ZetaClear é um produto hemeopático registrado na FDA (Food and Drug Administration) para o fungo da unha, que usa fortes substâncias anti fungicidas naturais e não representa um risco para a saúde.

Então, na existência do fungo e se ainda se tratar de uma fase inicial, o melhor tratamento é o remédio caseiro de vinagre de maçã – em que a expectativa é de semanas ou possivelmente meses.

Para as infeções fúngicas mais graves, um medicamento de venda livre como ZetaClear proporcionaria um excelente solução para a eliminação das bactérias, revertendo os sinais visíveis na unha ou dedo, permitindo-lhe evitar o constrangimento de mostrar seus pés e mãos em público.

Muitas pessoas sofrem de infeções de fungos nas unhas. Basicamente a infeção é causada por um fungo que se instala nas unhas. Os fungos aglomeram-se em meios sujos, com humidade e espaços escuros que as unhas proporcionam, no entanto as unhas dos pés desenvolvem fungos infeciosos em maior quantidade do que as unhas das mãos por causa dos sapatos e meias, uma vez que estas proporcionam-lhes condições mais favoráveis para a sua sobrevivência.

Milhões têm este problema, sendo que os homens sofrem mais com a micose de unha do que as mulheres. Isto acontece devido aos diferentes estilos de vida entre os homens e as mulheres. Os homens envolvem-se com maior facilidade em desportos ao ar livre do que as mulheres, tendo também mais probabilidade de partilharem espaços públicos como os balneários. As crianças são as menos afetadas a não ser que exista um historial da doença na família.

micoseunhaQuem é então vulnerável à micose de unhas?

Quase todas as pessoas podem contrair micose de unhas, no entanto certas pessoas são mais vulneráveis do que outras.

Os idosos: as pessoas mais idosas, que como sabemos têm menor imunidade tornam-se o grupo mais vulnerável às infeções do fundo.

Várias Atividades Desportivas: pessoas que pratiquem atividades que envolvam correr têm uma maior probabilidade de contrair fungos nas unhas devido à maior quantidade de suor que se acumula nos seus pés. Nadadores têm também uma grande probabilidade de contrair este tipo de fungo infecioso uma vez que este se aloja em locais húmidos e áreas aquecidas como acontece frequentemente em volta das piscinas.

Fumadores: os fumadores são também muito vulneráveis às infeções de micose de unha e proporcionalmente quanto mais estes fumam maior é a probabilidade de contraírem a infeção.

Ocupação Profissional: os empregos que exigem que as pessoas passem muito tempo com os seus pés e mãos dentro de água, como por exemplo os nadadores-salvadores e os empregos na área da construção industrial, também enfrentam um grande risco de contraírem infeções fúngicas nos pés.

Saúde: pessoas com problemas de circulação sanguínea enfrentam um elevado risco de contraírem fungos infeciosos nas unhas das mãos ou dos pés.

A micose de unhas nas unhas dos pés é muito desagradável, persistente, embaraçosa e sobretudo insuportável! O fungo das unhas dos pés é uma infeção de um parasita que se encontra entre a unha e o dedo do pé. O dedo grande e o mais pequeno são os que correm maior risco porque estes são os mais expostos à fricção com os sapatos.

O fungo das unhas é também conhecido por Onicomicose, por outras palavras micose da unha. Os fungos das unhas pertencem a um grupo de fungos chamado Trichophyton rubrum e  trishophyton mentagrophyted. Estes alimentam-se de queratina, uma proteína presente nas unhas.

OnicomicoseO fungo das unhas é um problema relativamente comum. Ainda que muitas pessoas não estejam cientes das suas condições, é estimado que milhões sofram com esta disfunção. Homens têm o dobro da probabilidade de contrair do que as mulheres e o nível de incidências parece aumentar com a idade. Os indivíduos com outros sintomas como diabetes ou seropositivos são também suscetíveis a um maior grau de risco, como são também aqueles que têm tendência para suar muito dos pés e têm historial de pé-de-atleta. Outros fatores que aumentam o risco de contração do fungo são a má circulação em especial em tempo muito quente ou húmido.

Tratamentos sem receita médica:

É muito mais fácil fazer o tratamento do fungo durante o seu estado inicial. Quando notar algum dos sintomas, procure tratamento imediatamente. O tratamento que necessita vai depender do grau da infeção do fungo.

Durante o estado inicial da infeção, um remédio caseiro pode atuar muito bem na sua contenção, no entanto, se a infeção se alastrar, existem vários medicamentos que pode adquirir em farmácias sem necessitar de receita médica que funcionam extremamente bem. A maior parte deste tipo de medicação é um pouco cara e têm alguns efeitos secundários.  Existem loções, cremes e outros tipos de pomadas que funcionam muito bem no tratamento das infeções fúngicas. Muitas destas medicações necessitam ser aplicadas nas áreas afetadas regularmente para que estas penetrem a seu tempo na unha. Estes tratamentos não são de uso único e será necessária alguma paciência da sua parte enquanto a medicação penetra a sua unha com o fim de atingir os resultados procurados. A maior parte desta medicação é concebida com o propósito de parar o crescimento do fundo e leva alguns meses para que a unha cresça novamente até ao seu tamanho normal.

Isto não significa que a infeção deva ser ignorada. Se una infeção fúngica é ignorada e não tratada, esta pode espalhar-se para a unha seguinte e vir a tornar-se numa experiência dolorosa, que pode ainda provocar hemorragias piorando dia para dia.

  Uma vez que a unha é infestada esta proporciona alguma dor. No segundo estado a unha separa-se, o que o deixa com uma horrível unha amarelada com um odor estranho. Seguidamente a unha cai por completo. Neste processo em que uma unha cai nasce uma outra, no entanto a nova unha vai crescer já com o fungo. O importante a reter é que uma unha que tenha micose e não seja tratada, vai persistir mesmo que uma nova unha cresça.

Alguns tipos desta medicação são caros e vêm com efeitos secundários. Como já mencionado existem loções, cremes e outras pomadas que funcionam no tratamento atuando como fungicida. Algumas das quais sem receita médica que podem ser aplicadas na área afetada, tendo de lhes dar algum tempo para que estas penetrem a unha. Estes não são tratamentos rápidos, precisamos de ter alguma paciência para que a medicação penetre a unha de modo a que finalmente se vejam resultados. A maior parte da medicação é concebida para impedir o crescimento dos fungos, o que leva alguns meses até que a unha volte a crescer até ao tamanho normal.

Solução de dois passos eficaz:

zetaclearPomadas que se focam no tratamento especifico de um tipo de fungo falham em alguns casos, pelo que muitas pessoas se queixam dos resultados. Isto não acontece com ZetaClear. Zetaclear é um gel e um spray para assegurar que o fungo é efetivamente erradicado. O gel em si é feito de ingredientes naturais que quando generosamente aplicados no dedo afetado vão não só eliminar o fungo como rejuvenescer a pele na área que o rodeava. Depois da sua aplicação pode finalizar com o spray que contém um efeito homeopático que quando aplicado na área afetada ou debaixo da lingua vai de imediato entrar na corrente sanguínea, onde o tratamento começa.

Graças a ZetaClear e ao seu método eficaz de dois passos vai encontrar uma combinação de pomada e spray para chegar a um resultado eficaz? O primeiro passo começa com a aplicação da pomada na área afetada. Com certeza que a aplicação da mesma debaixo da unha é extremamente difícil uma vez que não é possível de alcançar a zona pretendida. É aqui que o segundo passo do tratamento da micose de unha entra em ação. Usando o spray é possível esguichar uma camada na unha afetada focando especialmente na área mais escondida. Uma vez que o spray contém propriedades homeopáticas este entra na corrente sanguínea onde o tratamento ocorre mais rápida e eficazmente. Não esquecer que tudo isto é possível sem receita médica.

Informe-se. Veja mais em  http://medicinanatural-mn.com/7/